Comprando Presentes de Natal Sem Estourar o Orçamento

O Natal está chegando, e é uma data em que todos querem presentear a família e os amigos. E ainda tem o amigo oculto, brincadeira feita em muitas famílias, grupos de amigos e empresas. Mas e se o orçamento estiver apertado? Tem como presentear sem entrar na dívidas? Tem sim! Com algumas dicas é possível presentear toda a família e ainda os amigos sem entrar no “vermelho”.

As Lembrancinhas

Se o dinheiro está pouco e você faz questão de dar os presentes de Natal, as lembrancinhas são uma boa opção. Lembre-se que o mais importante é confraternizar esta data tão bonita com as pessoas que você ama. O presente não precisa ser caro para demonstrar que você gosta da pessoa. Lembrar das pessoas e presentear com uma simples lembrança, muitas vezes vale mais do que dar um presente caro.

presente

Presenteie sem entrar no “vermelho”

Algumas opções são bem legais, e servem para qualquer pessoa, como chaveiros, canetas, pequenos enfeites, porta-retratos, cartões, etc.

As Feiras e Centros Comerciais

Nas feiras e grandes centros comerciais é possível encontrar roupas, calçados e acessórios a preços bem acessíveis. Os presentes de Natal não precisam ser de marca, já que são muitas pessoas a serem presenteadas. Não pense que as pessoas não vão gostar do seu presente porque foi comprado em uma feira. Todos sabem que as roupas de marca, que são vendidas em shoppings e lojas famosas, custam caro, e não estão de acordo com a situação financeira de todos.

Presentes Feitos Por Você

Se você é habilidoso com trabalhos manuais, pode criar seu próprio presente. Hoje em dia existem muitas ideias com materiais recicláveis, que vão diminuir os seus gastos, além de ajudar o meio ambiente. Porta-retratos, porta-lápis, enfeites e cartões personalizados podem emocionar a sua família e amigos. Coloque sua criatividade para fora!

Postado por Fabiana. Veja mais dicas em Presentes e também com características semelhantes: , , , , , ,
RSS por email

Deixe sua opinião “Comprando Presentes de Natal Sem Estourar o Orçamento