Como Escolher um Baixo

Um instrumento musical pode ser algo extremamente relaxante como hobby. Claro, os músicos já sabem disso, nesse caso, estou escrevendo para quem vai adquirir seu primeiro contrabaixo. Quer dizer, aquele que começará por estudar e não tem muitas idéias sobre o instrumento. Os que já tocam a muito tempo, não precisam ler, já sabem exatamente o que querem.

Sobretudo para quem está no início, não faz sentido um baixo top. Ok, se há algum dinheiro sobrando, pode até vir a ser o caso, mas pense. Neste momento, você estará formando seu perfil musical. Talvez você invista em um baixo muito bom que, depois de algum tempo, não te atenderá mais. Não porque ele ficou ruim, mas simplesmente porque não é isso que você busca no instrumento. Então, tome cuidado no início.

Tenho em mente aqui um baixo de linha. Um baixo personalizado, feito por um lutiher, só faz sentido se você já sabe o que esperar de um instrumento e, é claro, tem um bom dinheiro no bolso.

Os primeiros requisitos

Qual o tipo de som você gosta ou pretende tocar?

Esta pergunta deve ser feita de início. Baixos diferentes têm performances diferentes em estilos musicais.

O tamanho do baixo

Você é alto, tem mãos grandes? Aqui a anatomia toma lugar. Você tem que sentir confortavel tocando o instrumento. Existem corpo baixos curvos, tradicionais, finos, grossos, alguns são muito pesados, existem diferentes tamanhos de braços, etc. Além do estilo musical pense em sua anatomia também, isso ajuda um pouco.

Teste o instrumento

A loja deve ter um amplificador bom a disposição e, claro, o baixo deve estar em condições. Com isso digo, cordas novas, baterias, se for ativo, e regule bem o volume em um ponto que não seja baixo demais nem muito alto.
Lembre-se de algumas levadas/grooves/escalas/técnicas que gosta de tocar (mesmo que seja um principiante) e veja como é a performance em cada instrumento escolhido.

As características do Baixo

Braço

Um braço confortável é algo que deve ser julgado. Sinta-se confortável ao tocar e observe também as cordas. As cordas devem estar bem posicionadas, digo, as cordas mais graves ou mais agudas devem estar reguladas par anõ produzir ruídos ou diferentes volumes. Verifique a possibilidade de resolver o problema com o tirante.

A madeira também pode influenciar, no geral são feitas de como mogno, jacarandá e pau-fero.
Questões acerca da junção do braço e corpo não cabem neste artigo.

Escala

Baixos, por apdrão tem escalas de 30″, 34″ ou 36″ da ponte ao nut (pestana).
As escalas afetam o som do baixo. Materiais duros, auxiliam no timbre e sustain. A durabilidade também é importante. Ébano, mogno e Rosewood são asm ais comuns.

Número de trastes

É comum os baixos com 24 trastes, quer dizer, duas oitavas. No entanto, existem ainda modelos com 21 ou 22 trasntes que auxiliam muito baixistas que gostam de slaps.

Corpo

A questão aqui vai além da aparência. O material pode influenciar no timbre. Então a melhor forma é equilibrar os dois. se o baixo vai ficar com o acabamento natural, o material será mais importante que o timbre.

Acabamento

Não só o corpo, mas o acabamento no geral deve ser observado se se trata de algo durável.

Captadores e parte elétrica

Como se trata de um artigo para principiantes, talvez não valha entrar em detalhes, mas o que é essencial aqui é um bom funcionamento geral.
Verifique se não há ruídos, se os controles funcionam perfeitamente, tanto volume e tonalidade e, claro, se você gosta do som.
Talvez a menção interessante seja à captação ativa ou passiva. Baixos ativos, tem uma espécie de pré-amplificador que poderá melhorar o som sobre o custo de uma bateria. Lembre-se de que ela pode acabar em um show e você precisará de um sistema bypass.
Os controles ideais para um baixo com dois captadores são um balanço (mais do que chaves) além de um controle de grave e agudo para cada um deles.

Pontes e tarraxas

Tarraxas devem responder com precisão aos ajustes, além disso, devem se manter constantes com os bends ou estica as cordas.

As pontes, por sua vez, devem ter controles individuais de altura e distancia para as cordas. Isso garante uma finação perfeita.

Postado por Como Comprar. Veja mais dicas em Música e também com características semelhantes: , , , ,
RSS por email

Deixe sua opinião “Como Escolher um Baixo